Tartarugas Doentes

11/08/2009 at 09:50 (Conservação, Répteis, Testudines, Vertebrados)

O jabuti-do-deserto (Gopherus agassizi) é um dos maiores quelônios terrestres da América do Norte. Sua distribuição geográfica inclui o canto sudoeste de Utah, o terço sudoeste do Arizona, partes adjacentes de Nevada e da Califórnia e se estende para o sul até o México.

Gopherus agassizi

Gopherus agassizi

As populações de jabutis-do-deserto declinaram desde a década de 1950, à medida que a atividade humana invadia o habitat do deserto. Entre 1979 e 1989, a maioria das populações de jabutis do desertos de Mohave e Colorado diminui de 30 a 70 por cento. A situação tornou-se ainda mais grave com o aparecimento da doença das vias respiratórias superiores (DVRS), que ataca os jabutis-do-deserto, muitas vezes com resultados fatais. De início, os quelônios infectados apresentavam corrimento nasal, que se torna progressivamente pior até que os animais exsudam espuma pelas narinas, ofegam ao respirar, param de comer, definham e por fim morrem. Em 1988, os jabutis da Área Natural dos Jabutis-Do-Deserto, no Condado de Kern, Califórnia, apresentaram pela primeira vez os sintomas da DVRS (Jacobson et al., 1991). Em 1989, foram encontrados 627 jabutis mortos e 43 por cento dos jabutis vivos da Área Natural apresentavam sintomas da DVRS.

O defluxo nasal e os olhos inchados são sinais de que este jabuti esta infectado com Mycoplasma, que causa doença das vias respiratórias superiores

O defluxo nasal e os olhos inchados são sinais de que este jabuti esta infectado com Mycoplasma, que causa doença das vias respiratórias superiores

Uma grande quantidade de bactérias foi cultivada a partir dos dutos nasais de tartarugas doentes, incluindo Mycoplasma, que mais tarde foi identificada como o agente causador da doença (Jacobson et al. 1995). Os jabutis-do-deserto são animais de estimação populares no sudoeste  do deserto e um grande número de quelônios domésticos esta infectado por Mycoplasma. A infecção talvex tenha sido introduzida na Área Natural do Jabutis-Do-Deserto quando jabutis de estimação foram soltos, e sua propagação teria se acelerado devido ao mau estado físico dos jabutis selvagens, resultante da degradação do habitat e de uma seca prolongada. As infecções por Mycoplasma são notoriamente de difícil cura. Os jabutis cativos podem ser tratados com uma combinação de antibióticos, mas não há um tratamento prático para os jabutis selvagens.

Mycoplasma

Mycoplasma

A DVRS foi registrada atualmente em uma população de jabutis-toupeira (Gopherus polyphenus) da ilha Sanibel, ao largo da costa da Flórida. Mais uma vez parece que jabutis cativos introduziram a infecçõ na população selvagem: até 1978 soltavam-se na ilha Sanibel os jabutis usados em corridas, os quais, infectados, podem ter carregado consigo a bactéria Mycoplasma.

Gopherus polyphemus

Gopherus polyphemus

Esses exemplos enfatizam o risco de soltar em populações selvagens animais que foram mantidos em cativeiro. Os programas de reprodução em cativeiro devem tomar medidas extraordinárias para garantir que os animais que serão soltos passem por um período de quarentena, em instalações isoladas de outros animais. Uma colônia reprodutiva deveria ser auto-suficiente; uma vez estabelecida, nenhum animal externo deveria entrar ou sair. Mesmo as vestimentas dos tratadores dos animais carregam agentes patogênicos, por isso deve ser providenciado um vestiário onde os tratadores possam se lavar e trocar de roupa ao entrar e sair. Essas precauções exigem tempo e dinheiro, mas pode ser desastroso negligenciá-las.

JACOBSON, E.R. et al. Chronic upper respiratory disease of free-ranging desert tortoises (Xerobates agassizi). Journal of Wildlife Diseases 27:296-316, 1991.

JACOBSON, E.R. et al. Mycoplasma and the desert tortoise (Gopherus agassizii) in Las Vegas Valley, Nevada. Chelonian Conservation and Biology 1:279-284, 1995.

POUGH, H. F., JANIS, C. M. & HEISER, J. B. A Vida Dos Vertebrados 4ª Edição, Atheneu Editora, São Paulo, 2008.

Anúncios

2 Comentários

  1. fernanda said,

    meu deus coitadas dessas tartarugas!
    porque elas estao assim????????
    tenho dó dessas tartarugas!

  2. Renato said,

    Fernanda, estes jabutis ficaram doentes devido a dois fatore:

    1) Degradação do seu habitat natural, que diminuiu a quantidade de alimento e abrigo disponíveis;
    2) Contato com espécies de jabutis que foram criados em cativeiro como animais de estimação e que, após certa idade, foram abandonados pelos seus donos.

    Estes jabutis que tiveram maior proximidade com os seres humanos tornaram-se hospedeiros de formas mais resistentes de microorganismos causadores de doenças em jabutis, como a bactéria Mycoplasma citada no texto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: